Outubro de Justiça

12019829_1633720703547248_760099878856532205_n (1)

 

Estamos vivendo a maior crise humanitária, superando os índices da segunda guerra mundial. O número de pessoas que tiveram de sair das suas casas atingiu os 59,5 milhões no final de 2014, “como consequência de perseguição, conflito, violência generalizada, ou violações de direitos humanos”, indica o relatório da ONU. Nosso desejo é chamar sua atenção para esta causa, lhe convidando para conhecer esta realidade e orar em favor daqueles que estão lutando para sobreviver em meio a essa crise.

 

Você pode interagir das seguintes maneiras:

1. Curta Passos de Justiça. A maior parte da interação estará acontecendo no Facebook, na página do PASSOS DE JUSTIÇA estaremos postando links para os temas de cada dia lá.

2. Guia 30 dias. Promova o Guia 30 dias de Oração e Ação na sua comunidade ou grupo, seja criativo nas suas ações e iniciativas. Você pode baixá-lo gratuitamente em PDF aqui: link ou se preferir solicite o Guia impresso (com acréscimo das despesas de envio)

Obrigado por dar estes passos com a gente, convide outras pessoas para participarem também!

Passos de Justiça

“Porque eu o Senhor amo a justiça e odeio o roubo e toda a maldade” Isaias 61:8

A justiça faz parte do caráter de Deus, Ele sempre esteve ao lado dos que sofrem, redimindo, libertando e agindo em favor da justiça. Por causa do seu caráter ele sempre será contra tudo o que é errado, injusto e mal. Como seus seguidores, também precisamos ter a mesma atitude e lutar contra tudo o que está errado em nosso mundo, fazendo justiça. Essa é a nossa responsabilidade, essa é a nossa missão!

Passos de Justiça começou a partir do contato que missionários de Jocum tiveram com algumas injustiças, enquanto viajavam pelo mundo compartilhando o amor de Jesus. “Não importa onde nós estivéssemos no mundo, nós víamos injustiças, como o trabalho escravo, prostituição infantil, ingestão de água contaminada, falta de oportunidade de educação, falta de cuidado médico, pobreza extrema, governo corrupto, etc. Alguns de nós questionaram: “O que podemos fazer?” Então começamos a orar fazendo a mesma pergunta:, “Senhor o que nós podemos fazer por problemas tão grandes?” Do clamor de nossos corações veio a resposta! Era simples: “Façam justiça!” Mas como? “Um passo de cada vez!”

Entre em Contato

  • RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube